Você sempre teve o sonho de ter a sua própria casa e já tomou a decisão de sair do aluguel. Porém, não tem dinheiro suficiente para comprar o lote e ainda construir o imóvel. Uma ótima solução para esse problema é pedir um financiamento imobiliário.

Ao fazer essa escolha, um questionamento pode aparecer: e se for recusado? Isso não é algo incomum e, o pior disso, é que, em muitos casos, o banco não deixa claro os motivos que levaram a essa recusa. Porém, nós bem sabemos que existem vários que podem fazer com que o financiamento seja negado.

Quer saber quais são e assim evitar uma resposta negativa das instituições financeiras?

Então acompanhe a lista que montamos com os principais motivos!

Financiamento imobiliário recusado: causas mais comuns

1. Pedir um valor muito elevado

Se você nunca pediu um empréstimo naquela instituição financeira e se não tem nenhum histórico como bom pagador, provavelmente ela não liberará uma grande quantia para o seu pedido. Além disso, esse valor dependerá do quanto ganha por mês: o ideal é que todas as dívidas no seu nome não exceda 30% da sua renda mensal.

Nesse caso, há algumas opções como financiar um pouco em cada instituição ou mesmo esperar mais para não precisar pedir um valor muito elevado.

A renda é uma das garantias que a instituição precisa para saber se você tem plenas condições de honrar com as parcelas mensais. Caso a sua renda não seja suficiente, o pedido será negado.

Se isso acontecer, uma opção é pedir um valor de financiamento menor, ou seja, um que esteja compatível com a sua renda e tentar complementar de outra forma.

2. Não oferecer garantias

Se coloque no lugar da instituição: você emprestaria dinheiro para alguém sem nenhuma garantia de pagamento? Pois bem, o banco também não e se você não tiver nenhum bem ou alguém que possa oferecer essa garantia no seu lugar, será bem difícil o financiamento sair.

O mais comum é o banco pedir um imóvel como garantia, mas caso você não tenha um, pode usar a alienação fiduciária. Nela, o bem em questão fica no nome do banco, pois caso não haja pagamento, ele pode ser transferido para sanar a dívida.

3. Apresentar restrição no nome

Quando você entra com um pedido de financiamento no banco, a primeira coisa que ele faz é uma análise de crédito no seu nome. A instituição precisa saber se você está devendo outros locais, se houve inadimplência e ter um pouco mais de certeza se a possível dívida será ou não honrada. Ainda que as pendências já tenham sido resolvidas, esse é um bom motivo para o banco negar o seu pedido.

Caso esse seja o seu primeiro pedido de empréstimo e ainda não tem nenhum histórico registrado, a instituição costuma analisar se o pagamento de contas como água, luz, telefone, cartão de crédito e outras são pagas em dias.

4. Não ter disciplina financeira

Se você é daqueles que sempre usa o limite do cheque especial ou está com o cartão de crédito sempre ocupado, as chances de que o banco dê o seu financiamento são poucas. Esse tipo de comportamento pode mostrar o seu descontrole financeiro, algo que essas instituições não gostam de forma alguma.

Afinal de contas, como alguém que não consegue gerir as finanças poderá honrar com as dívidas? É justamente nesse ponto que os que não possuem uma boa renda mensal podem se destacar. Quem consegue fazer muito com pouco é porque consegue se organizar bem e mostra ter mais disciplina financeira.

A maior preocupação do banco é se você terá condições de honrar o compromisso do financiamento imobiliário. Portanto, ele faz uma análise completa da sua vida dentro da instituição e fora dela.

Se esse for o seu caso, antes de pedir o financiamento, é preciso ajustar as contas. Tente quitar o seu cartão de crédito por completo, ou quase isso, e pare de usar o limite do cheque especial (que tem juros altíssimos e poucas são as vantagens). Aguarde algum tempo e só vá ao banco quando estiver com as suas finanças em equilíbrio.

5. Não ter toda a documentação

Essa é uma questão burocrática que é estritamente necessária. Afinal de contas, o banco segue um sistema que pede uma série de documentos e você precisa estar com todos em mãos. Para isso, vá até a instituição antes e pergunte o que é necessário.

Não tente pedir o financiamento antes de saber o que precisa levar. A falta de um único documento ou o mínimo erro será motivo para uma resposta negativa. Além do mais, há alguns papéis que, normalmente, não são cobrados em diversas situações, mas no caso dos bancos, eles são necessários. Por exemplo, se você for casado, algumas instituições pedem também a documentação do cônjuge.

6. Ter remuneração variável

Infelizmente, aqueles que recebem por comissão ou que não possuem um valor mensal fixo para receber, como os profissionais autônomos, têm mais chances de não ter o financiamento aprovado. O contrário também é verdadeiro: quem é servidor público tem muito mais chances de conseguir, e com juros mais baixos, nos casos de empréstimos consignados.

Mas nem tudo está perdido. Se você não é um servidor público, o ideal é fazer uma planilha com todas as suas movimentações financeiras e com o valor médio de quanto ganha por mês para mostrar que, mesmo não tendo uma renda fixa, ganha o suficiente para arcar com os seus compromissos.

Como aumentar as chances de uma resposta positiva

Seguindo todas essas nossas recomendações do que não fazer, certamente você terá muito mais chances de ter um seu financiamento imobiliário aprovado. O mais importante é começar a se planejar agora para garantir que pode pagar as parcelas no futuro.

Uma boa forma de consegui-lo sem muitos problemas é já ter um certo valor guardado na poupança. Isso não só mostra uma boa organização financeira, como também o fato de que não será necessário a instituição liberar uma grande quantia. Além disso, você se sentirá muito mais tranquilo na hora de comprar o seu imóvel e construir, finalmente, a sua casa própria.

Sabia que a IMG tem um programa de financiamento imobiliário próprio? Entre em contato conosco e saiba todas as condições!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *