Comprar a casa própria é o sonho de todo brasileiro, já que, ao pagar aluguel, você investe em algo que nunca vai ser seu. Mas tornar real esse sonho, é necessário muito planejamento e organização, já que a casa própria é um bem de alto valor agregado, e que, na maioria das vezes, é conquistado somente por meio de um financiamento.

É exatamente por isso que é imprescindível realizar antecipadamente um minucioso estudo de todas as circunstâncias possíveis, para não acabar se comprometendo além das suas condições.

Não é incomum que as pessoas acreditem que seja impossível comprar um imóvel, e, por isso, fique pagando aluguel por anos seguidos, sem se dar conta de que com esse mesmo investimento seria possível ter uma casa própria.

Portanto, para lhe ajudar a dar esse passo, preparamos, no post de hoje, 5 dicas para realizar o sonho da casa própria. Confira.

Como realizar o sonho de ter uma casa própria?

  1. Use uma planilha e coloque todas as despesas no papel, pois assim será possível definir realmente qual o valor da parcela que você(s) poderá(ão) arcar. Lembre de não comprometer mais que 30% da renda familiar;
  2. Sabendo qual o valor mensal que poderá ser comprometido, faça uma simulação no site do banco para checar se o imóvel desejado se encaixa nas suas condições de pagamento;
  3. Observe atentamente a taxa de juros total cobrada, ou seja, o chamado C.E.T (custo efetivo total), que é a taxa que considera todos os encargos e despesas incidentes no financiamento. Compare essa taxa em quantos bancos for possível para que você possa fazer a melhor opção;
  4. Dê preferência aos contratos de financiamento que utilizem a tabela SAC e com juros fixos acrescidos da T.R como correção monetária.
  5. A tabela SAC, apesar de ter um valor da parcela um pouco maior no início, as mesmas tendem a diminuir com o passar dos meses e proporcionam um valor total de juros pagos menor em comparação às outras tabelas.
  6. Poupe dinheiro para a entrada, o ideal é cobrir 30% do valor do imóvel. O saque do saldo do FGTS, a venda de um carro ou outro bem qualquer ou o resgate do saldo daquela poupança que vinha sendo feita para esse momento também são alternativas para  juntar esse valor.;
  7. Lembre-se que quanto mais você conseguir quitar no início, menos dinheiro com juros será gasto ao final do financiamento.

Essa é apenas uma pequena lista de dicas que podem ajudar a programar o sonho de ter uma casa própria, seja ele para morada ou para um bom investimento. Se você ficou com alguma dúvida, ou está pensando em comprar um lote para construir, não deixe de falar com a gente e até a próxima.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *